Última atualização:
13/01/2016

 

Home

SOAR

Instrumentos:
Primeira geração
Segunda Geração

 

Comentários e sugestões:
webmast@lna.br


Telescópio de 4,2 metros. Uma parceria: Brasil/EUA.


INSTRUMENTOS DE PRIMEIRA GERAÇÃO

SIFS - Espectrógrafo óptico de IFU
Goodman
- Espectrógrafo Óptico  
SOI
- Imageador Óptico
Spartan  - Câmera infravermelha de alta resolução
OSIRIS - Espectrógrafo para o infravermelho próximo.

O Telescópio SOAR foi projetado para suportar uma carga de instrumentos muito pesados, permitindo aos obsevadores a troca de alguns instrumentos de forma muito rápida. O consórcio SOAR tem um programa de instrumentação muito forte em que cada parceiro está empenhado em fornecer um instrumento no início das operações e com dois instrumentos de segunda geração que já passaram pelo estágio de concepção.

O telescópio SOAR tem dois focos Nasmyth, cada um deles pode acomodar 3 instrumentos simultâneos, mais 3 focos Cassegrain dobrados. A figura abaixo mostra a localização dos instrumentos de primeira geração no telescópio:


 


 

 

SIFS - Espectrógrafo óptico de IFU
PI: Jacques Lepine, IAG/USP

  • IFU com 1300 fibras
    Matriz de microlentes 26 x 50
  • Duas escalas:
    0,15"/pixel, campo de 3,9x7,5"
    0,3"/pixel, campo de 7,8x15"
  • IFU de céu separada
  • Feixe de fibras: 14m de comprimento, fibras "azuis" com diâmetro de 50µm

 

 

  • Espectrógrafo de bancada
    - Redes VPH
    - R~1000 - 40000
  • Detetor:
    CCD 2k x4k Lincoln Labs (com camada antireflexo de banda larga), controlador SDSU-II  + ArcVIEW

Espectrógrafo Óptico Goodman
PI: Chris Clemens, University of North Carolina

  • Operação em modo fenda longo ou multi fenda.
  • Campo: 5 x 5 minutos de arco @ 0,15"/pixel para imageamento ou 5 x 2,5 minutos de arco com as fendas instaladas.

  • Otimizado para o UV/Azul: 320 - 850 nm.
  • Redes VPH, R~900 - 14000
  • Filtros sintonizáveis: R ~100 – 800
  • Detetores: mini-mosáico 4k x 4k com CCDs da Lincoln Labs otimizados para o UV-Azul e controlador SDSU-II.
 

 

Imageador Óptico
PI: Alistair Walker, CTIO

  • Óptica otimizada para o azul e UV
    320 - 1100 nm
  • Campo de 5,5 x 5,5 minutos de arco (0,08"/pixel)
  • ADC tipo trombone.
  • Redutor focal de f/16 para f/9
  • 8 filtros em gavetas intercambiáveis:
    - Johnson-Cousins
    - UBVRI
    - SDSS uvgri
    - Strömgren uvby
    - Filtros estreitos compartilhados com   o CTIO
  • Detetor: Mini-Mosáico 4k x 4k com CCDs E2V e controlador SDSU-II com software baseado em LabView.

 

Spartan - Câmera infravermelha de alta resolução
 PI: Ed Loh, Michigan State University

  • Duas escalas:
    - f/21: 1,5’×3,0’ com 0,043” / pixel
      com amostragem limitada pela difração na banda H
    - f/12: 2,5’×5,0’ com 0,073” / pixel
     
  • Detetores:
    Mosáico 2k x 4k com detetores HgCdTe na primeira luz e uma atualização para um Mosáico 4k x 4k em ~2005.
    Software de controle baseado em LabVIEW (ArcVIEW).
     
  • Filtros: incialmente J, H, K, Ks
     
  • Grismas para espectroscopia sem fenda.

 


 

 

 


OSIRIS instalado no telescópio de 4m do CTIO.

OSIRIS
PI: Darren Depoy

Espectrógrafo para o infravermelho próximo.

  • Detetor:
    matriz de HgCdTe de 1024x1024 pixels, operando na faixa de 0,9 a 2,4 microns.
     
  • Modo imageamento:
     
    Câmera Escala (Segundos 
    de arco  por pixel)
    f/7 0,139
    f/3 0,331
  • Modos espectroscópicos:
  Tamanho físico SOAR
Fenda Largura  Altura Largura Altura
Fenda longa - Baixa resolução 0,34mm  63,0mm 1,0" 191"
Dispersão cruzada 0,34mm  8,64mm 1,0" 27"
Fenda longa - Alta resolução 0,14mm 24,0mm 0,42" 72"