Última atualização:
26/11/2014

Home


Informações para os usuários

O sítio do telescópio


O telescópio

Instrumentos

Escritório Nacional

Galeria de Imagens

Links

 

Comentários e
sugestões:
webmast@lna.br


Concurso de Astronomia para Estudantes - 2013

Imagem de seu Objeto Astronômico Favorito 

com o Telescópio SOAR

Estudantes brasileiros podem escolher seu objeto astronômico favorito para ser observado com o Telescópio SOAR. O procedimento é escolher um objeto celeste e escrever uma justificativa sobre o quão interessante seria ter uma imagem digital do objeto.

Resultado do Concurso

A Comissão Julgadora e a Comissão Organizadora têm o prazer de anunciar a escolha da proposta melhor apresentada e que melhor atendeu aos requisitos de interesse científico e de apelo visual do objeto:

Galáxia NGC 1232 de Danilo Oliveira Imparato, 17 anos, estudante do 3º ano do E.M. do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, em Natal, apoiado pelo professor de física Gilberto Morel de Paula e Souza.

Sobre a proposta vencedora (acesse aqui a justificativa):

O estudante Danilo Oliveira Imparato escolheu uma galáxia espiral de linhas de emissão, vista da Terra em ângulo frontal, do qual, segundo o estudante, “podemos notar diretamente toda sua extensão e sua interação com outra galáxia, percebendo claramente seus aglomerados de estrelas, poeira e gases”. Além de ter um tamanho aparente bem adequado ao campo do instrumento que será usado para a imagem (Espectrógrafo e Imageador Óptico Goodman), conforme o estudante constatou na pesquisa pelo programa Aladin. Outro aspecto da NGC 1232 apontado por Danilo é que “é um objeto que ainda não foi extensivamente estudado”, segundo o banco de dados SIMBAD. A justificativa tem uma redação clara e objetiva, apresentando informações científicas relevantes, demonstrando a detalhada pesquisa feita pelo estudante.

Estudante Danilo Imparato
Estudante Danilo Oliveira Imparato com seus professores Gilberto Morel (esquerda)
e Antônio Araújo (meio), presidente da Associação Norte-Riograndense de Astronomia.

As três propostas seguintes mais bem colocadas foram:

- Nebulosa Ômega (M 17, NGC 6618) de Mathias Ribeiro Cardoso de 15 anos, estudante do 1º ano do E.M. do C.E. Erich Walter Heine, no Rio de Janeiro, RJ, apoiado pelo professor de física André Gonçalves de Oliveira (acesse aqui a justificativa)

- Galáxia Sombrero (M 104, NGC 4594) de Matheus Valença Correia de 17 anos, estudante do 3º ano do E.M. do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), em Recife, PE, apoiado pelo professor de física Guilherme Pereira da Silva. (acesse aqui a justificativa)


- Nebulosa do Bumerangue (ESO 172-7) de Jamile Katiele Fritzen de 18 anos, estudante do 2º ano do E.M. do Colégio Politécnico da UFSM, em Santa Maria, RS, apoiada pela professora de física Izabel Cristina Freitas dos Santos (acesse aqui a justificativa) 


            Mathias Ribeiro Cardoso

           Matheus Valença Correia
    Estudante Jamile Fritzen
              Jamile Katiele Fritzen

Esses estudantes receberão um certificado de Honra ao Mérito pela escolha de um objeto interessante cientificamente e belo, com justificativa original e bem apresentada.

Sobre o Concurso:

    Foram aceitas 195 propostas, envolvendo 269 estudantes entre 13 e 18 anos e 4 adultos de Educação de Jovens e Adultos, sendo 140 do Ensino Fundamental, 123 do Ensino Médio e 2 do 4º ano do E.M. Técnico. Os estudantes foram apoiados por 93 professores de 39 escolas particulares e 50 públicas, localizadas em 73 cidades de 19 estados do país, distribuídos de norte a sul. A grande maioria das cidades é do interior do país; foram poucas as inscrições recebidas de capitais. O estado com o maior número de cidades é São Paulo com 23, depois estão Minas Gerais e Paraná com 8 cidades cada e, em seguida, o Ceará, com 7 cidades. Destaque para o Nordeste com todos os estados representados, exceto Paraíba.

    O processo de julgamento envolveu quatro etapas: a primeira selecionou 143 objetos que estavam de acordo com as restrições do regulamento do concurso em coordenadas, brilho e tamanho aparente. Na segunda etapa foram selecionadas 45 propostas cujas justificativas da escolha do objeto apresentavam argumentos científicos e pessoais. Na terceira etapa, cada membro da Comissão Julgadora selecionou as 10 melhores propostas de objeto interessante cientificamente com justificativa bem escrita, bem pesquisada e com argumentos originais. Na última etapa, a Comissão analisou as quatro propostas que foram mais bem avaliadas por todos e selecionou a proposta mais bem apresentada.

Comissão Julgadora: 

Prof. Dr. Cassio Leandro D. R. Barbosa - UNIVAP e membro do Conselho Técnico-Científico do LNA
Prof. Dr. Gabriel Hickel - UNIFEI e membro da Comissão de Programas do Telescópio SOAR
Profa. Ma. Giuliana Capistrano - LNA/MCTI e Comissão Organizadora
Prof. Dr. Horacio Dottori - UFRGS e Vice-presidente da SAB
Prof. Dr. João Batista Garcia Canalle - UERJ e Coordenador Nacional da OBA
Dr. Luciano Fraga - LNA/MCTI e cientista do Escritório Nacional do SOAR
Dra. Marília Jobim Sartori - LNA/MCTI e Comissão Organizadora

    A Comissão Organizadora parabeniza alunos e professores pelo entusiasmo com que participaram do Concurso. Os projetos apresentaram objetos muito interessantes e justificativas que deixaram evidentes o empenho e o comprometimento com a pesquisa. Sentimos imensa gratificação com o envolvimento demonstrado pelos participantes e esperamos com ansiedade a edição do Concurso de 2014.

Contato para informações:

Para mais informações, entre em contato com a Profa. Giuliana Capistrano do LNA pelo 
e-mail concursoar@lna.br ou pelo telefone (35) 36298104