Última atualização: 30/03/1996

FOTRAP - Manual de Uso


Home
Francisco Jablonski. Fev./1996 

Intrumentos e
Detetores

INTRODUÇÃO

CONFIGURAÇÃO / INSTALAÇÃO

OPERAÇÃO

FOTOMETRIA / MODOS DE OPERAÇÃO

OUTRAS

SEQUÊNCIA DE OPERAÇÕES PARA REALIZAR UMA MEDIDA (ZEISS)

DICAS / COMO CONTORNAR ALGUNS PROBLEMAS

APÊNDICES

 

VII - DICAS / COMO CONTORNAR ALGUNS PROBLEMAS

Acertar o display da base de tempo: o fotômetro utiliza o sinal de 1 Hz da base de tempo para acertar um relógio dentro da estação remota. Isso quer dizer que o display da base de tempo pode estar em qualquer valor, quem estabelece a hora é o programa de aquisição. Desde que a ER não seja desligada, a hora é mantida com segurança. É conveniente contudo, deixar o display acertado, de preferência com a hora TU. Para acertá-lo, ponha a chave à direita do display na posição ajuste. Debaixo de cada dígito há um botão de ajuste correspondente. Ajuste para o próximo minuto inteiro, reposicione a chave para a posição normal e ponha a chave seletora de partida na posição manual. Quando chegar o minuto inteiro pressione o botão de partida manual.

Offset guider: A ocular de campo é movida para guiar fora do eixo óptico em monitorias longas. Se não for reposicionada corretamente após o uso (e isso não é incomum) o centro do retículo da ocular de campo não vai coincidir com o centro do diafragma. Na parte frontal da caixa do fotômetro costuma haver uma anotação dos números em que devem estar os contadores (ítem 12 na Fig.4) para que o offset guider esteja na posição centrada. Se mesmo depois de colocados aqueles números os objetos centrados na ocular de campo aparecerem descentrados na ocular de diafragmas deve-se ajustar os parafusos (12) na Fig.4 para obter a posição correta. No caso de ser necessário recentrar o offset guider, pode ser interessante selecionar um diafragma grande inicialmente. Naturalmente que para realizar estas operações, deve-se ter selecionado previamente uma das 3 opções do programa de aquisição.

Roda de diafragmas: Por medida de segurança a roda de diafragmas fica numa posição que obstrui a passagem de luz se o programa de aquisição não estiver em um dos 3 modos de operação. Ao se selecionar um destes modos o programa posiciona a roda no último diafragma selecionado, ou no diafragma default. A mudança de diafragmas só é possível nos sub-menús de cada modo de operação. Não se esqueça de que o diafragma selecionado ou no diafragma default. A mudança de diafragmas só é possível nos sub-menús de cada modo de operação. Não se esqueça de que o diafragma selecionado selecionado, ou no diafragma default. A mudança de diafragmas só é possível nos sub-menús de cada modo de operação. Não se esqueça de que o diafragma selecionado com as setas e só será efetivamente posicionado ao se teclar enter. Você não verá os objetos na ocular de diafragmas fora do programa de aquisição.

Pré-amplificador/Discriminador: Itens (8) e (9) na Fig.2. Caso o pré esteja desligado, você obterá zero contagens por integração. Manja porque, né?

Corrente de escuro: A corrente de escuro de uma válvula tipo Hamamatsu R943-02 a 1400 V de tensão de alimentação deve ser de 10-30 c/s, dependendo da temperatura. Habitue-se a fazer pelo menos uma medida da corrente de escuro por noite, pois isso permite o cálculo do brilho do céu.