next up previous
Next: O Observatório do Pico Up: rel-gestao-2001 Previous: rel-gestao-2001

Subsections



O Laboratório Nacional de Astrofísica - LNA

O Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) é uma unidade do MCT com características de prestadora de serviços. A sede administrativa do LNA localiza-se em Itajubá, MG. A sua missão básica é fornecer à comunidade astronômica brasileira a infra-estrutura e os meios para a pesquisa competitiva em astronomia observacional. A clientela do LNA é formada pelos integrantes dos programas de Pós-Graduação em Física/Astronomia no país.

O LNA opera o Observatório do Pico dos Dias (OPD) em Brazópolis, MG, onde funcionam três telescópios ópticos, um de 1.6m de abertura (o maior no Brasil) e dois de 0,6m de abertura.

Além disso o LNA é a Secretaria Nacional de dois projetos de colaboração internacional:


Missão e considerações estratégicas

Desde sua criação o LNA foi catalisador de um crescimento acelerado das atividades e da produção científica em astronomia no Brasil. Seu planejamento estratégico orienta-se em sua missão:

Planejar, prover e operar os meios e a infra-estrutura para fomentar, de forma cooperada, a astronomia observacional brasileira.

Desta forma, a finalidade da operação do LNA é o fomento da astronomia observacional brasileira. A estratégia para atingir essa finalidade é:

A gestão do LNA orienta-se nestas considerações estratégicas. Para melhor alcançar as suas finalidades e para otimizar seu serviço à comunidade astronômica no futuro, foi iniciado em 2001 o processo para transformar o LNA em Organização Social, seguindo recomendação da Comissão Tundisi.


A estrutura básica do LNA

O LNA dispõe de dois campi. A sede estaá situada na cidade de Itajubá, enquanto o Observatório do Pico dos Dias se encontra no município de Brasópolis, ambos no estado de Minas Gerais.

O organograma na figura 1 demostra a estrutura interna: O Conselho Técnico Científico (CTC), é o orgão superior e supervisiona as atividades do LNA. O CTC é composto essencialmente por representantes dos programas de pós-graduação na área de astronomia do país inteiro. As Comissões de Programas, escolhidas pelo CTC, são constituídas por pesquisadores destacados em suas áreas. Decidem sobre os projetos que utilizarão os telescópios. Internamente, o LNA é composto da:


Fig. 1: Organograma do LNA

 

O LNA contou em 2001 com um total de 59 servidores (um deles licenciado) 14 bolsistas e 4 estagiágrios. A distribuição dos servidores entre os diversos setores do LNA é explicitada na tabela 1.

Tabela 1: Distribuição dos servidores e bolsistas do LNA

  No. de servidores No. de bolsistas
  Nível superior Nível interm. Nível superior Nível interm.
Diretoria 1 1 3 -
Administração 6 6 - -
Suporte logístico 1 18 - -
Apoio Científico 8 - 1 1
Coord. Tecnologia 1 1 4 2
Operação OPD 1 7 1 2
Manutenção 2 6 - -


As principais atividades do LNA no ano 2001, visando fortalecer a infra-estrutura e não diretamente atribuidas a um dos observatórios sob sua responsabilidade (OPD, Gemini, SOAR), foram:

  1. Planejamento de um novo prédio de laboratórios junto a sede do LNA para abrigar futuras instalações para construção de instrumentos (veja considerações estratégicas) e ampliação do prédio atual. A realização deste projeto depende de recursos do Fundo de Investimentos.
  2. Instalação de um laboratório óptico que serve como núcleo de instalações futuras para o desenvolvimento de instrumentos científicos para telescópios grandes. Faz parte do esforço estratégico do LNA fortalecer as capacidades na instrumentação astronômica no país. Até a construção do novo prédio (veja acima) o laboratório se encontra provisoriamente nas dependências do OPD.
  3. Compra de material de informática (microcomputadores, impressoras, etc.) para satisfazer a maior demanda devido ao número crescente de bolsistas e de novos projetos.
  4. Desenvolvimento de um intercâmbio técnico com a EFEI (Escolha Federeal de Engenharia de Itajubá) visando a integração de alunos e pessoal técnico da EFEI em projetos instrumentais do LNA.

next up previous
Next: O Observatório do Pico Up: rel-gestao-LNA Previous: rel-gestao-LNA

Albert Bruch 2002-04-23