Última atualização:
27/02/2013


Home




Regras para Propostas

A Comissão Nacional de Programas Brasileira (NTAC) estabeleceu algumas regras para propostas científicas da comunidade astronômica brasileira para os telescópios Gemini:

I - Quem pode submeter propostas à NTAC brasileira?

O investigador principal (PI) de proposta científica submetida à NTAC Brasileira deve ser um astrônomo cumprindo uma das condições seguintes:

  • trabalha atualmente (com vínculo empregatício ou com bolsa) em instituição de pesquisa/ensino brasileira na área de astronomia ou afins;

  • trabalha temporariamente (por período não superior a dois anos) no exterior e tem vínculo empregatício com instituição de pesquisa/ensino brasileira na área de astronomia ou afim;

  • ser bolsista de órgão de fomento à pesquisa brasileiro;

  • os casos omissos serão decididos pela NTAC. (justificativa)

Não existem restrições a respeito de co-investigadores.

No caso de estudante de pós-graduação figurar como PI e seu orientador não for co-investigador, a NTAC exige carta de concordância do orientador. (justificativa)

II - Submissão de propostas conjuntas ("Joint Proposals")

 A NTAC decide caso a caso sobre a parte dos custos solicitada ao Brasil. A NTAC se reserva o direito de aceitar ou não a parte brasileira do tempo de telescópio, mesmo tendo sido aprovado o tempo solicitado aos outros países, bem como negar o tempo brasileiro durante a reunião da ITAC se o tempo mínimo necessário para o sucesso dos objetivos científicos da proposta não for alcançado com a soma do tempo concedido pelas NTACs envolvidas.

Veja as normas e orientações sobre propostas conjuntas na web page do Gemini  Joint Proposals.

III - Modos de observação

Existem dois modos fundamentais:

  1. Modo fila: As observações são efetuadas pelos astrônomos do Gemini em noites com condições adequadas para o projeto científico. Exceto em casos de observações a serem feitas em época determinada ("time specific observations"), o PI não tem influência na data da observação. Dessa maneira, todos os projetos podem ser realizados em forma otimizada e o risco de perda de tempo por razões meteorológicas ou falhas instrumentais é minimizado.

  2. Modo clássico: O solicitante do projeto desloca-se até o observatório e realiza as observações pessoalmente nas noites concedidas a ele. O PI deverá providenciar as verbas para a viagem do observador porque o Escritório Brasileiro do Gemini (BrGO/LNA) não pode se responsabilizar pelos custos.
  3. Nota: Os programas em modo clássico são geralmente de noites inteiras e a alocação mínima é de uma noite. Para efeitos de programação, considera-se que uma noite tem a duração de 10 horas.

IV - Elaboração e Submissão das Propostas

  • A NTAC não impõe limite ao tamanho das propostas. Recomenda, contudo, que a distribuiçao de horas entre as bandas científicas seja seguida como limitação de tamanho: aproximadamente 30%, 30% e 40% para as Bandas 1, 2 e 3, respectivamente.

  • Propostas que solicitam tempo maior do que 1/3 do tempo a que o Brasil tem direito em cada telescópio só serão concedidos em casos em que forem excepcionalmente melhores do que as demais. Uma opção para contornar este problema é preencher na proposta o quesito de tempo mínimo, explicitando que um tempo mínimo de x horas (onde x < 1/3 do total) ainda permite atingir os objetivos científicos, mesmo que parcialmente. 

  • As propostas devem ser obrigatoriamente preparadas e submetidas através do programa "Phase I Tool" (PIT) do semestre correspondente (justificativa) e devem ser escritas em língua inglesa (justificativa).

  • As propostas para tempo ruim podem ser submetidas a qualquer época do ano, inclusive para o semestre em curso (essas propostas, portanto, não passam pela avaliação das NTACs) e podem ser submetidas para todo os instrumentos, mas as condições observacionais devem atender certas combinações (ver Propostas para Tempo Ruim). Para a submissão deve-se usar o programa PIT do semestre em curso, selecionando Poor Weather na aba Submit. Desta forma, as propostas seguem diretamente para o Gemini.

The PDF Attachment: A partir do semestre 2012B, a Justificativa Científica, a Justificativa Técnica e alguns outros textos devem ser incluídos no programa “Phase I Tool” como um anexo em PDF.  Os arquivos do modelo e do estilo em LaTeX e do modelo para o Word estão disponíveis para download

  • A NTAC do Brasil adota o modelo padrão do Gemini para o anexo de textos (GemPhase1) desde o semestre 2013A. 
  • Em todas as propostas deve-se usar o modelo adotado pelo parceiro ao qual o Investigador Principal for afiliado.

Exigências e restrições a respeito do conteúdo e do tamanho das seções do arquivo anexo à proposta:

Conteúdo:

  •  Scientific Justification = justificativa detalhada para as observações solicitadas, com a descrição do contexto das observações propostas em relação aos trabalhos anteriores na área e os detalhes da motivação e a importância científica das observações pretendidas. A Justificativa Científica deve conter:
  • O problema (ou questão) científico cuja resposta está sendo buscada a partir das observações e sua importância global para a astronomia.
  • Como as observações solicitadas poderão contribuir para responder esse problema (ou questão) científico.
  • A metodologia que será utilizada para responder às perguntas formuladas.
  • Technical Justification/Description = justificativa detalhada das observações solicitadas. A Justificativa Técnica deve conter:
  • Descrição da contribuição das observações para se atingir os objetivos traçados na Justificativa Científica. 
  • Informações sobre os alvos, tais como: por que os alvos específicos foram selecionados, o tamanho da amostra, a análise dos dados, etc
  • Resumo e justificativa dos recursos observacionais (instrumento, dispersores, filtros, fendas).
  • Justificativa da escolha das condições de observação (“seeing”, cobertura de nuvens, brilho de céu e, se apropriado, vapor de água e elevação). (justificativa)
  • Justificativa detalhada dos tempos de exposição com a descrição dos parâmetros de entrada e dos resultados da calculadora de tempo de integração (ITC), inclusive da razão S/R. Sugere-se gerar um documento PDF com os resultados do ITC diretamente da página do Gemini e anexar ao final da proposta, seguindo as instruções contidas no template do Gemini. (justificativa)
  • Justificativa do tempo total, incluindo os “overheads”, e do tempo mínimo solicitado. Quais os cortes possíveis na proposta, caso o tempo mínimo necessário para resultados científicos seja menor que o tempo total. Se for igual ao tempo total, justificativa da impossibilidade da proposta sofrer cortes. (justificativa)
  • Descrição de qualquer calibração adicional em relação às calibrações básicas (baseline calibrations) fornecidas pelo Gemini.

Tamanho:

  • Título: recomenda-se limitar a 12 palavras.

  • Abstract: até 200 palavras. (justificativa) 

  • Scientific Justification: limite de 1 página de texto e até mais 2 páginas com figuras, legendas e referências. (justificativa) 

  • novoTechnical Justification/Description: limite de 1 página de texto sem figuras adicionais. Permite-se ainda anexar um documento PDF ao final da proposta contendo exclusivamente os resultados do ITC, obtidos diretamente do site do Gemini. Apesar de não haver um limite do número de páginas para o anexo com os resultados do ITC, aconselha-se incluir apenas o mínimo necessário para uma amostra representativa dos objetos propostos.

V - Depois das observações

  • A NTAC, através da SECOP/LNA, mantém arquivo com o histórico de todas as propostas científicas. Com o objetivo de saber o que de fato está sendo feito com os dados obtidos, a NTAC recomenda que o formulário de feedback seja preenchido pelo PI ou co-I, após os dados serem recebidos.

Essas informações serão avaliadas pela NTAC no momento do julgamento de uma nova proposta científica. Visando manter o histórico completo, a SECOP/LNA enviará ao proponente, que obteve dados nos semestres concluídos mas cujo formulário de feedback ainda não fora enviado, mensagem solicitando que o formulário referente a esse programa seja preenchido antes da reunião da NTAC do semestre em curso. (justificativa) 

O formulário de feedback pode ser atualizado quando houver alguma informação adicional após o tratamento e a análise dos dados terem avançado.

  • Os autores de publicações usando dados obtidos com o Gemini durante o tempo brasileiro devem incluir nestas publicações o texto de agradecimento recomendado pelo Gemini, como uma nota de rodapé na primeira página ou na última seção antes das referências, e o número de identificação do(s) programa(s) a partir do(s) qual(is) os dados foram obtidos, na seção de agradecimentos ou na seção de Observações do artigo. Devem também comunicar as informações bibliográficas completas a SECOP/LNA. (justificativa)
O cumprimento dessas recomendações será considerado na avaliação de propostas em semestres futuros (ver Anexo I - Penalidades).