home   projetos 2018A distribuição de tempo

Projeto Observacional para 2018A - OI2018A-002

Autor: Bruno Morgado
Instituição: ON


Co-autores:
Roberto Vieira Martins
Julio Ignacio Bueno de Camargo
Marcelo Assafin

Título: Astrometria das aproximações mútuas entre os satélites Galileanos de Júpiter

Resumo: A obtenção de posições precisas dos satélites Galileanos nos permite acessar informações refinadas sobre suas órbitas em torno de Júpiter. Por exemplo, podemos estudar forças de perturbadoras de baixa intensidade, como a força de maré. Para a detecção desta força é necessário obtermos posições para as luas Galileanas com uma precisão melhor que 0,010". Entretanto, por causa do forte brilho de Júpiter, e dos satélites, a astrometria CCD clássica deste sistema obtém precisão da ordem de 0,150". Uma maneira de se obter melhores precisões, sem precisar esperar pelos fenômenos mútuos (que, para este sistema, ocorrem a cada 6 anos) é utilizando a técnica das aproximações mútuas. Com está técnica determinamos posições relativas com uma precisão típica de 0,007" e devido a importância destes eventos uma campanha foi iniciada em 2016 para estas observações, incluindo colaboração entre seis institutos brasileiros e um instituto francês.